CONHECIMENTO

Empreender sem medo das incertezas

Cinform / 14 de Dezembro de 2015

No dia 10 deste mês de novembro, foi aberta a Home Center Ferreira Costa, mais uma loja do grupo pernambucano que a mais de 131 anos atua no mercado de materiais de construções. Com aproximadamente 44 mil metros quadrados de loja, sendo 11 mil destinados a comercialização dos mais variados produtos destinados as construções e ao lar, a loja chama atenção não apenas por sua vaidade de itens, como com sua imponência e ousadia comercial. Não deixando de ressaltar a garra da família, que presente no evento de abertura, externou juntamente com seus funcionários, toda a admiração pelo Sr Cyro Ferreira Costa, neto do fundador, patriarca que acompanha o dia a dia da empresa com maestria e exemplo.

Nossa história com a Ferreira Costa começou há pouco mais de dois anos, quando fomos escolhidos para representa-los tecnicamente quanto as aprovações do empreendimento aqui em Aracaju. Em nossas primeiras reuniões, presentes a sócia diretora e arquiteta Lavinia Ferreira Costa e o arquiteto Luis Rangel, que assina todo o projeto de arquitetura e urbanismo do home center, vimos que o caminho a ser trilhado não seria nada fácil, não apenas pelo porte do empreendimento, como também por toda a relação para com a cidade, e principalmente, pela responsabilidade em representar uma empresa tão forte e tradicional no Nordeste.

Foram inúmeras reuniões com a equipe da Ferreira Costa e do escritório Rangel Moreira Arquitetos, inicialmente descrevendo e repassando as premissas de nossa legislação e detalhes de nossas normas que diferem de outras cidades. Com os projetos definidos, mas ainda em evolução, começamos nossa “romaria” para definições dos parceiros que desenvolveriam os demais projetos, além das relações iniciais com órgãos estaduais e municipais. Entretanto, apesar de todas as dificuldades, a vontade em evoluir e vencer era tamanha que contagiava a todos envolvidos, impulsionando sempre a busca por soluções e adequações.

Bom, não tratando de todas as barreiras enfrentadas e todas as fases vencidas e ainda a vencer. Destaco o viés empreendedor do grupo e sua equipe, que em nenhum momento deixou qualquer entrave atrapalhar os planos de expansão da rede, sempre sustentando tal expansão ao potencial comercial da cidade, e do estado. Ficou claro que todas as premissas comerciais e mercadológicas de desenvolvimento e criação do empreendimento foram extremamente estudadas, e que estas, fundamentaram os projetos. Assim, fortalecendo cada vez mais a crença de que quando um projeto é sustentado em premissas comerciais sólidas, mesmo com possíveis dificuldades de mercado, é possível viabilizar e ter resultado.

Empreender no Brasil pode ser e sempre será um grande desafio, um caminho tortuoso e incerto, ainda mais para empresas já consolidas, que em alguns casos são vencidas por grandes multinacionais, vencidas pelas transições entre gerações, pela burocracia e impostos, e mesmo pelo próprio tempo. Claro que a estratégia empresarial de cada empreendedor é fator decisivo para o futuro das empresas, as vezes a melhor estratégia é vender a empresa, é fundi-la a outros grupos, e quem sabe até sair do mercado original, mas o ponto a destacar é que a inércia empresarial deve ser sempre questionada, enfrentada e vencida.

Enfim, dois anos de parceria com todos da Ferreira Costa, e com muitas lições aprendidas, fica claro que não deve haver tempo certo para empreender, para inovar, para sonhar e realizar. Seja com 131 anos, seja com apenas 01 ano de vida, aprofunde seu conhecimento de mercado, se sustente em crenças sólidas e enfrente as adversidades com foco, e as incertezas deixarão de existir para você e só passarão na cabeça do seu concorrente.

Topo