CONHECIMENTO

A criação de um lançamento de sucesso não está apenas no projeto

Cinform / 27 de Julho de 2015

A criação de um lançamento de sucesso não está apenas no projeto

Em meio ao pessimismo do mercado e o cenário controverso, vê-se que alguns empreendimentos ainda continuam em destaque no mercado imobiliário, seja nacional, ou local. Tal fato está atrelado a inúmeros fatores, os quais já apresentados anteriormente, como o cuidado no desenvolvimento dos projetos, a identificação de demanda e localização estratégica. Entretanto, os fatores que norteiam o desenvolvimento inicial do produto imobiliário não devem ser encarados como sendo as únicas ações para atingir o sucesso de qualquer empreendimento, mas sim, a mola mestra, o ponto de partida para o sucesso.

Passada a fase de identificação da conceituação, viabilidade e desenvolvimentos dos projetos, chega o momento mais esperado por todos os envolvidos no mercado imobiliário: a hora de lançar o produto e encarar a aceitação dos clientes. Nesta fase, o produto já foi todo concebido, já teve sua demanda identificada, já levantou seus custos e valores de venda, seus pontos fortes e oportunidades de melhoria, ou seja, já se tem todo o cenário idealizado do empreendimento. Mas qual seria o próximo passo? Apenas lançar o produto colocando no mercado? Quais as estratégias a serem planejadas para o lançamento? O que fazer? São questões importantes de marketing imobiliário e comercializacão que se somam ao resultado final. É o momento de expor a vitrine no mercado. O fato é que tudo que foi planejado pode vir por água abaixo se este ciclo não for cuidadosamente pensado como os primeiros.

Cada produto deve ser elaborado de forma diferenciada, respondendo ao que foi idealizado, no entanto, alguns pontos devem ser encarados como característicos a qualquer lançamento:

1) O produto não deve ser lançado sem as devidas aprovações e registro de incorporação junto ao cartório;

2) As representações tanto gráficas, como através de maquetes físicas devem sempre seguir o que realmente será entregue;

3) As campanhas publicitárias devem surgir das identificações e demandas do produto e seu público alvo;

4) As campanhas devem ser criativas e que desperte o interesse do público alvo, evitando campanhas massivas e generalistas;

5) Definir bem sua equipe de vendas e suporte a vendas;

6) Treinar sua equipe de vendas de maneira técnica e produtiva, já que o atendimento ao cliente é o ápice da apresentação do produto;

7) Definir de forma clara as condições de comercialização, possíveis promoções e descontos;

8) Destacar e lembrar que o produto deve ser apresentado com as empresas que se envolveram com todo o processo, dando maior confiabilidade e profissionalismo;

9) Preocupar-se com a venda e o pós-venda, atendendo todas as demandas do cliente;

10) Sempre destacar a obra e sua qualidade, já que a execução é a realização do sonho adquirido.

Ainda seria possível elencar outros pontos, e até mesmo destacar fatores que fazem parte dessa fase de lançamento do produto. Entretanto, estes relacionados acima já representam de forma clara que para alcançar o sucesso dos projetos, não seria suficiente apenas as preocupações iniciais.

Enfim, sugiro que releia as atividades acima descritas para que haja um processo de memorização e relacionamento com os lançamentos já realizados no mercado sergipano. Seria possível identificar algumas falhas e acertos de nossos produtos. Se for comprar, se atente aos cuidados tomados com o imóvel. E se já comprou, reflita se você comprou o empreendimento ou seu processo de criação.

José Expedito de Souza Júnior
NOVA SERGIPE, Urbanismo para Negócios
Arquiteto e Urbanista
CAU - RN: A39243-0

Topo